Dinheiro primeiro, sonhos depois.


Estive ontém participando da Expomoney 2010, para minha surpresa a feira tinha um bom publico, mais nada comparavel com feiras sobre carros, decoração ou mesmo a recente fila que tivemos no Shopping Eldorado para a compra do novo Iphone, pelo visto o brasileiro segue a cultura da maioria dos países capitalistas, onde o que vale é ter o carro do ano e mais caro do que todas as pessoas ao seu redor, ter a roupa  da marca cobiçada, ter o celular mais caro possivel com 1000 funções, mesmo que você somente use para receber e fazer ligações e enviar mensagens e para realizar tais loucuras e ter status perante aos grupos sociais que cada um pertence, realizam loucuras, como por exemplo, a diarista que tem geladeira de última geração comprada em consorcio, mais uma TV de 42 polegadas, mais um home theater de 2 mil reais que talvez nem sua patroa possua tudo paga em 14 prestações, em fim em troca de um mero status que aparenta uma falsa riqueza seu orçamento está comprometido por mais de um ano por um mero status, você pode esta argumentando, “mas essas coisas são valiosas” , eu lhe responderia é um bem direcionado a virar pó, pois vejamos vamos pegar por exemplo uma televisão que custe hoje R$1000,00 na loja, saindo a mercadoria de lá mesmo ela já perde o valor, afinal o que você prefere pagar R$1000,00 de um produto em uma loja ou R$ 1000,00 na mão de uma pessoa certamente a loja seria a opção da maioria, passado um ano e quase certo que tal produto estara mais barato na loja, então então o produto que valia 1000,00 daqui a um ano estara R$900,00, o seu produto por ser usado, sem garantia, estara valendo R$500,00, ou seja o status estara perdido com o passar do tempo e lembrando normalmente o status é falso pois muitos querem parecer ricos, possuindo objetos de desejos, porém suas contas bancarias estão zeradas, não podem usufluirem de coisas simples como um passeio com os amigos,por que todo seu dinheiro já está ” investido” em um falso status e no fundo no fundo a pessoa está mais pobre já que riqueza é acumulação de capital financeiro  ou de coisas que se valorizem com o passar do tempo e não de status.

Agora suponhamos que ao inves de ficar procurando ter a ultima moda em celular, tecnologia, roupas e automoveis as pessoas investissem e ao invés de pagarem juros recebessem juros, com certeza poderiam comprar tudo que desejam, sem apertos, sem comprometimento do salario, mas para as pessoas chegarem a isso tem que ter disciplina, querer ser rico de fato e não de aparência, abandonar o status, e criar poupança, ao invés do status ser ter um carro importado de cem mil reais o status ser ter cem mil reais uma aplicação financeira que lhe garanta o maior juro possivel.

Feito isso, dai sim compre tudo aquilo que desejar, mas coloque a acumulação de dinheiro em primeiro lugar e o status depois e terá ambos.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s