A inversão de valores na novela Passione


 

Esse blog está longe de ser moralista, basta ver todas as demais postagens que estão nesse blog, porém não deixei de notar em Passione uma imensa inversão de valores em Passione, onde quem tinha tudo para ser o vilão vira mocinho, tudo bem que o comprometimento de uma ficição com a realidade é limitado, mas como pode a personagem Diana começar a namorar um e trocar o seu atual pelo seu melhor amigo, isso é no mínimo falta de coerencia e o pior ela  é a mocinha da história, mas com o passar do tempo, como em todas as novelas do Silvio de Abreu uma virada acontece na vida dos personagens e a “santinha” Diana se arrepende de sua escolha, a atitude mais digna seria se separar de Gerson, mas ela com uma falta de carater  começa a trair seu marido com o Mauro é um detalhe ambos continuam sendo os mocinhos da historia mesmo Mauro tendo desmanchado um noivado e não honrando sua palavra.

Ainda por cima a matriarca da familia Gouveia apoia a tudo isso, como prêmio Mauro se torna o presidente da metalurgica Gouveia, Diana ganha uma vaga de assessora de imprensa da mesma empresa, isso que é ser cara de pau, trabalhar em uma empresa cujo um dos donos foi chifrado pelo melhor amigo atual presidente da empresa e o mãe do traido concordar com tudo isso e o casal traira  ainda serem vistos como mocinhos da historia.

Mas fica o merito para Silvio de Abreu que geniosamente conseguiu fazer dois canalhas serem considerados vitimas da situação.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s