Cuidados que devemos tomar com agentes autônomos


Assim como todas as profissões existem os bons e os maus profissionais e a profissão de agente autônomos não foge dessa regra eles são essenciais para o mercado financeiro já que são eles  um dos principais responsáveis pela capitalização de recursos para o mercado cujo sua unica função é representar comercialmente instituições financeiras, ou seja, são simplesmente vendedores comissionados de produtos financeiros, no entanto alguns desses profissionais atuam de forma irregular como consultores, analistas e administradores de carteira de investimentos funções não permitidas a esses tipos de profissionais.

O problema desse tipo de gestão está muitas vezes nos interesses do agente autônomo e dos investidores, ambos querem obter lucros, só que o investidor quer obter lucro através dos juros pagos por seus investimentos já o agente autônomo quer obter lucrabilidade  através de comissões não só pela venda de produtos mas através de corretagens até ai não temos nada de errado, o problema começa quando ele é responsável pela gestão de carteiras onde ele da ordens de compras e vendas de ativos representando um cliente.

Mas afinal qual é o problema ? Segue  a lista de alguns dos principais.

 

 Grande numero de operações: Ele é comissionado por isso, então gera a duvida, na maioria dos casos girar a carteira de ações com troca constante de ativos não é interessante para o investidor já que isso encarece os custos das operações e afeta diretamente a rentabilidade para o investidor, mas para o agente autônomo é interessante porque quanto mais o cliente troca de ativos mais ele ganha em comissões.

Os riscos são maiores: Investimentos por si só já são uma atividade arriscada, já que na era globalização um fato que acontece na Asia  afeta a America do Sul como também outros continentes, uma má administração de uma empresa que o investidor é acionista pode resultar em graves prejuízos, assim como atitudes do governo, entre outros fatores e cabe ao investidor decidir se quer não correr tais riscos e o agente autônomo pode aumentar esse risco para o investidor usando alavancagem que é um dinheiro que a corretora empresta ao cliente para maximizar seus lucros, porém caso dê errado a operação alavancada o cliente tem que repôr o dinheiro gasto, outro instrumento utilizado é a venda descoberta onde o investidor vende um ativo sem possui-lo na carteira recomprando mais barato e assim lucrando com o mercado em queda, no entanto se a operação falhar os prejuízos são maiores ainda podendo levar o investidor a falência e muitas vezes o agente autônomo que atua de maneira irregular não alerta o cliente sobre esse tipo de risco e muitas faz esse tipo de operação sem o consentimento do cliente  e no final somente o cliente é responsável pelos prejuízos  e o agente autônomo sai no lucro graças a inúmeras corretagens que esse de investimento gera.

Falta de esclarecimento sobre os riscos: Constantemente sou assediado por agentes autônomos de renda variável e todos eles falam das vantagens desse tipo de investimentos como os altos ganhos o que é totalmente possível na renda variável mas porém nunca me falaram sobre as grandes perdas que posso obter nesse mesmo mercado, então cuidado com agentes que vendem a renda variável como uma formula mágica ganhar dinheiro fácil.

 

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s