Ser trader ou empresário ?

edits

 

Recentemente no Facebook, vi uma postagem de um agente autônomo de investimentos que indiretamente fez uma tabela comparativa entre ser trader e empresario, seja por interesses pessoais ( já que é remunerado por corretagens) ou opinião pessoal falou algumas verdades sobre ser trader, como o tempo livre, menos burocracia, mais facilidade no recolhimento do imposto de renda, a possibilidade de ganhar no mercado com a economia em crise, e do lado do empresário foi posto totalmente as desvantagens, alguém sem tempo livre, burocracia excessiva, necessidade de um ponto comercial, em cenários de economia ruim ter que esperar sua recuperação etc.

Se algum leigo que tivesse na duvida entre os dois com certeza escolheria ser trader, agora vem a questão será que seria a escolha correta ?

Leia as próximas linhas e tire sua conclusão.

Empresários tem mais chance de sucesso – A historia está ai para provar isso a Microsoft iniciou-se em uma garagem,  a Apple em um dormitório de faculdade, a Harley Davidson em seu inicio era uma empresa de 8 metros quadrados, o Mcdonald’ não virou uma multinacional da noite para o dia, esses são apenas alguns exemplos, como um pouquinho de boa vontade e mais pesquisa poderia chegar a inúmeras historias sobre empresários bem sucedidos que começaram pequenos agora traders que começaram a operar em seus quartos e hoje estão operando em uma cobertura duplex de frente ao mar ou ficaram milionários são raros, entre eles Jesse Livermore que morreu em 1940 outro nome que surgiu no Brasil foi o de Fabio Calderaro que ganhou 1 milhão na bolsa de valores, porém hoje não sabemos por onde anda, tivemos também Larry Willinas com a espantosa rentabilidade de mais de 10.000% e que ao ensinar para sua filha as mesmas estratégias ela obteve uma rentabilidade de 1000% e diferente dos empresários que temos milhares de historias de traders que contavam apenas com o seu home broker e fizeram fortunas esses são os únicos caso de sucesso.

Se você acessar o Facebook verá que tem diversas pessoas se orgulhando de viver de trader, porém será que podemos considerar que vive de trade alguém que mora com os pais e não paga despesas básicas como conta de água, luz, telefone entre outras despesas ? Já outros de onde vem sua maior renda de operações no mercado ou venda de cursos e coaching ?

Outro questionamento a ser feito uns ganharam fama por aparições na televisão, outros por realizarem webnar, outros por escreverem muito bem, outros por suas salas de trades onde cantam operações, agora outra pergunta qual adquiriu notoriedade por ter feito fortuna ?

É possível viver de bolsa – Sem duvida é algo possível, porém é algo para poucos, se você estará entre esses poucos, isso já não sei, porém com esforço, muito estudo pode alcançar esse objetivo, porém não é aconselhável largar tudo para viver de bolsa, não é aconselhável você ter dinheiro destinado a um apartamento, estudos ou abertura de uma empresa, para ser trader.

Também compartilho da opinião do Flavio Lemos autor do livro Analise técnica clássica, que o trader comece com gráficos mensais, sem olhar gráficos todos os dias, depois passe para os gráficos semanais, diários, até chegar ao intraday.

E por último não troque seu ganha pão, por uma aventura, espere alguns anos para fazer isso, ou então continue fazendo os dois afinal uma atividade não precisa anular a outra.

 

Anúncios

Qual plataforma gráfica usar ?

Para um trader a plataforma é algo essencial, pois é através dela que o trader tomará suas decisões, então os requisitos básicos para uma boa ferramenta gráfica são: estabilidade, rapidez, diversidade de indicadores e precisão, opções não faltam no mercado e encontramos também diversos preços que podem ser de graça até R$900,00 dependendo do pacote contratado, como testei algumas vou relatar minha experiência e quais delas o investidor deve passar longe.

Traderdata

A imagem que você está vendo simboliza tudo que a plataforma Traderdata me ofereceu, transtornos desde o primeiro momento a começar pela forma de pagamento, pois o cartão de minha preferência, não estava querendo ser aceito pelo sistema de pagamento da empresa, dai depois de um  dia inteiro finalmente consegui tornar cliente da empresa.

Mas os problemas estavam apenas começando e o pior ainda estava por vim, o sinal real time simplesmente ficou desligado, ligando para o suporte problema resolvido, no entanto como alertei no inicio do texto  estabilidade, rapidez, diversidade de indicadores e precisão são essenciais em um plataforma é o tempo que se perde ligando para suporte é um tempo que poderia esta em busca de uma oportunidade de investimento.

Mas a plataforma ao menos quando eu usei pecou em termos instabilidade e hoje em dia o site da empresa está fora do ar, e por precaução resolvi definitivamente abandonar uma plataforma onde passei mais tempo no suporte do que propriamente utilizando a plataforma e resolvi assumir um prejuizo de R$150,00 em fim o barato saiu caro

TraderGrafíco

A plataforma Trader Grafico oferece a melhor estabilidade, precisão nos gráficos, ainda conta como diferencial recursos como auto analise o que faz com que o investidor ganhe em agilidade, preocupando-se basicamente em comprar ou vender um ativo, é extremamente fácil seu uso, única coisa que ela deixa a desejar e no suporte tecnico via e mail já que as vezes que o solicitei simplesmente não fui respondido, outra parte que deixa a desejar é a base de dados que são de apenas 10 anos.Mas para o trader de curto prazo isso é um mero detalhe, para quem quer uma plataforma estável  a preço justo o Trader Grafico é uma boa opção.

Apligraf

A Apligraf é uma das plataformas mais tradicionais do mercado, mas é uma plataforma básica, seu unico e pequeno diferencial esta em dados fundamentalistas que podem ser encontrados em outros sites como fundamentus e com dinheiro, mas não é uma plataforma que faz feio diante das outras é estável, ágil e precisa

ADVFN

A  ADVFN  está entre as plataformas gráficas mais populares do Brasil, devido a fama de seu fórum que levou a plataforma a se popular incluindo ferramentas gratuitas, porém por tempo limitado, já para os usuários premium a plataforma funciona normalmente e é uma das mais completas já que inclui índices mundiais, melhor visualização do book de ofertas, além de ferramentas exclusivas, não precisando instalar nada, porém quando o assunto é agilidade a ferramenta deixa a desejar já que muitas vezes demora para carregar um novo gráfico, portanto é uma boa ferramenta para quem pretende atuar no mercado com posições mais longas ou day trade a partir de 3 minutos.

Investcharts

Outra plataforma gráfica que oferece ferramentas gratuitas, porém com limitações que são base de dados limitada a 5 anos, gráfico real time somente para a versão paga, de qualquer forma para praticantes do swing trade ou position trade a ferramenta gratuita atende todas as necessidades e de todas as ferramentas aqui citadas é a melhor quando o assunto é agilidade já que para analisar um ativo basta clicar na janela cotações que ainda separa o mercado por índices ou segmento o ponto negativo fica por conta dos gráficos de um minuto que demoram até 5 segundos para serem atualizados, pode parecer pouco, mais 5 segundos em um 1 minuto é uma eternidade.

Outras plataformas gráficas

Esse é um mercado bem concorrido e a outras opções como Cedro, Enfoque,  PorfitCharts, Economática, Phicube cujo os preços são elevados e muitas vezes inviável ao investidor iniciante que possua menos de R$50 mil reais, por isso essas plataformas embora sejam superiores as aqui citadas não serão analisadas.

Mais afinal qual plataforma escolher

A boa noticia é que todas elas desde a mais cara a mais barata oferece períodos de demonstração gratuita então os critérios para a escolha tem que ser uma que não cause um rombo em seus lucros, por exemplo se você é um investidor que consegue em média R$600,00 ou R$700,00 por mês não vale apena uma plataforma que consuma boa parte desse lucro, procure uma ferramenta gráfica que seja estável (sempre no ar) com bom suporte técnico afinal qualquer sistema está sujeito a falha e o suporte técnico tem que ser ágil para solucionar tais problemas, a que você melhor se adapta ou seja, aquela que mais combina com você e suas necessidades.

E antes de assinar a plataforma em definitivo teste ao extremo.

Com isso evitará dores de cabeça, como a que eu estou tendo com a Traderdata.

Holder será que é tão diferente do trader ?

Sem duvida alguma a estratégia de comprar ações para longo prazo é uma estratégia vencedora, assim como as outras porém é a estratégia que exige menos tempo e acompanhamento ao contrario de operações day trade que exigem acompanhamento constante, no entanto há muito investidores  que se tornaram holders não porque a estratégia é vencedora e sim porque fracassaram como trader e como é comum do ser humano jogar a culpa para outro, muita gente que fracassa como trader joga a culpa de seu insucesso na analise técnica e viram críticos ferrenhos desse tipo de analise, sem ao menos tentar entender como de fato funciona a analise técnica, isso sem contar que encaram o buy and hold a única maneira de auferir grandes rendimentos como se fosse uma formula infalível de se ganhar dinheiro, como se grandes empresas fossem imune a falências, então que tal uma reflexão sobre alguns mitos e contradições sobre os holders de hoje que foram traders mal sucedidos e que hoje se julgam os novos Buffets, será que eles agem diferente do analista técnico ?

Evidente que há diferenças e nem são muitas assim que resumidamente podemos dizer que são duas o holder usa analise fundamentalista e tem perspectiva de longo prazo, o trader usa analise técnica e tem por objetivo lucros no curto prazo.

Feito isso as semelhanças são imensas e possuem as mesmas expectativas vejamos algumas semelhanças:

Ambos são especuladores -muitos holders negam esse titulo ou nem sabe que de fato são e isso contraria também a regra dos livros de finanças e mesmo os cursos sobre bolsa de valores que ensinam que especulador é apenas o investidor de curto prazo, mas o fato é que especulação é trabalhar com fatos não concretos diante de uma expectativa, por exemplo, o holder espera comprar ações de empresas sólidas e no futuro receber pomposos dividendos, ou mesmo  vender suas ações com lucros espetaculares, porém fica a pergunta será que isso não é também uma especulação já que  não temos garantia alguma que a empresa solida de hoje não será a falida de amanhã ?

Certamente o apoio para eles acharem isso está nos balanços da empresa, mesmo assim ainda é especulação afinal um dia  Banco Econômico, Banco Nacional, Mappin,  Mesbla, Lojas Brasileiras, Arapuã, G Aronson, Sharp*, Varig, Vasp,  Metron é uma infinidade de outras empresas já tiveram suas marcas no topo e hoje  são empresas falidas e que garantias temos que isso não irá acontecer com as empresas queridinhas dos investidores de longo prazo, será que eles não estão especulando que a empresa ira crescer, sempre será uma boa pagadora de dividendos, que durante anos e mais anos a empresa crescerá ? O que é isso senão especular sobre o futuro ?

Em fim  do momento que se investe em algo sem garantia de retorno, estará especulando ou como alguns dizem praticando a futurologia, só que pratica para conseguir lucro em minutos ou dias, o outro em anos ou década.

 

 

Quem opera na bolsa não trabalha ?

O conceito de trabalho para muitos é você acordar cedo, vestir uniforme ou a vestimenta que a empresa exige, se deslocar até o local onde você realiza sua função, e ainda passar um período nesse local  diariamente que varia entre 4, 6, 8 ou 12 horas, e como o trader pode trabalhar dentro de seu lar ou qualquer lugar que tenha internet, muitas vezes é visto como alguém que não trabalha.

Escrevo esse post baseado em uma noticia não muito agradável sobre um aparente surto psicótico(aparentemente que ocorreu com um homem em São Paulo, no qual o mesmo viveu um dia de fúria saindo por 15 km pela cidade, causando acidentes e atirando a esmo, em depoimento a policia a namorada do rapaz disse que ele não trabalhava apenas aplicava dinheiro na bolsa de valores.

E esse é o pensamento da maioria dos leigos que quem opera na bolsa de valores não trabalha, o que é simplesmente um mito pois vejamos como se dá a rotina de um operador de curto prazo.

O primeiro passo é esta bem informado não sobre o que acontece no Brasil, mas também nos Estados Unidos, Europa e Asia e não basta saber o que está acontecendo, também é necessário saber usar tais informações ao seu favor, depois de adquirir informações para começar o dia o segundo passo  e mais complicado é começar analisar gráficos é mais gráficos que somente os que compõem o índice bovespa chegam a 68, depois de analisadas as oportunidades é necessário calcular o risco de cada operação e executada uma operação de sucesso é necessário partir para outras a fim de garantir bons rendimentos.

Além disso como outro trabalho qualquer a dias de aborrecimentos que enquanto em um trabalho tradicional normalmente a punição dos erros vem com uma chamada de atenção, na bolsa de valores os erros são punidos com a perda de parte do capital, enquanto em um trabalho tradicional você tem todo o suporte de diretores, gerentes e colegas de equipe, o trader conta apenas consigo mesmo, será que realmente quem aplica em bolsa de valores não trabalha ?

A inutilidade da rivalidade entre traders e holders.

É comum em fóruns e redes sociais uma briguinha e rivalidade inútil entre holder e trader, os holders se achando os intelectuais, os bambambam da bolsa, por nunca seguirem a manada, já os traders se acham mais espertos porque sua rentabilidade no curto prazo se mostra melhor (ao menos na teoria) e outros de fato conseguem sim essa proeza e nenhum dos dois lados estão errados, os errados da historia são aqueles  que acham que suas estratégias não são passiveis de falha e que quem pensa diferente só faz bullshit.

Assim por um orgulho inútil ao invés de mesclarem o melhor de cada tipo de estratégia, simplesmente ambos perdem dinheiro por causa dessa guerrinha que de ambos os lados só tem perdedores vejamos o motivo.

Quando o holder perde: O holder costuma perder quando se apaixona por um ativo, ou seja, muitos vêem suas ações despencando 40%, proventos decrescentes, margens fundamentalistas também caindo ladeira abaixo, e lá está o holder com sua paixão pela empresa mesmo tomando prejuízos e quando acordar (se acordar) pode ser tarde demais.

Quando o trader perde:  O trader costuma perder justamente pelo desespero em momentos de crise achar que o mundo vai acabar, empresas irão falir sem ao menos analisar dados fundamentalistas, para saber se vale apena ou não permanecer com ações de uma empresa tomando assim as famosas violinadas (quando o investidor é estopado e em seguida é quebrada a tendência de baixa e o ativo chega ao topo), afinal o trader “não pode” ficar posicionado por muito tempo como prega alguns instrutores o que é uma falacia.

Como o holder pode ganhar aplicando principios de um trader : O objetivo básico do holder é acumular cada vez mais ações de boas empresas, recebendo mais dividendos e reaplicando os mesmos até que garanta uma rentabilidade a longo prazo, se o holder usar a analise gráfica  podera comprar mais ações com os lucros obtidos no curto prazo, aproveitando das oscilações do mercado por exemplo: Uma pessoa comprou 100 ações a R$10,00 cada e ela subiu para R$11,00, dai o investidor realizou lucro ganhando assim 10% , como estamos no mercado de renda variável é natural que o ativo caia de preço em uma determinado momento, portanto vamos supor que o ativo caiu  para R$9,00 dai o holder ao invés de ter apenas 100 ações recompra  120 ações, assim atingindo seu objetivo de acumular ações indo além além dos simples aportes mensais.

Como o trader pode ganhar aplicando principios de um holder: Um dos pecados que o trader comete é a ambição e a pressa de enriquecer e nessa pressa muitas vezes investe em empresas sem fundamentos, empresas que podem facilmente sofrer manipulações que são os micos e normalmente o trader costuma perder  boa parte de seus investimentos, onde raramente consegue obter o dinheiro de volta, essa é a importância da analise fundamentalista, onde ele seleciona operações de ações de boas empresas, que na maioria das vezes no curto prazo costuma ao menos se recuperar das quedas, assim o trader consegue aumentar o capital e tendo paciência pode muitas vezes evitar prejuízos.

Portanto ao invés de menosprezar estrategias de ambos os lados, que tal unir o que as duas oferecem de melhor ?

Como deve pensar o trader e como deve pensar o investidor.

Um dos segredos para ser um vencedor na bolsa de valores é ter uma estratégia definida, coragem para coloca-la em pratica e humildade de revê-la e assumir seus erros sem colocar a culpa no mercado, afinal quem tomou as decisões foram você, e  infelizmente virou uma constante as pessoas entrarem na bolsa investindo como investidor e pensando como trader e traders pensando como investidores devido a isso nas proximas linhas será abordado como deve agir cada um desses importantes personagens do mercado de renda variável.

Como deve pensar o trader

O trader é o especulador financeiro, ele não tem intenção de ser sócio de uma empresa e pouco interessa os  motivos pelo qual uma ação está subindo ou caindo o importante é aproveitar essas altas  e tirar algum lucro de cada operação, aproveitando as tendências de alta do ativo e para os mais ousados e agressivos pode ser aproveitada as quedas de uma ação para vender a descoberto (operação não recomendada para iniciantes), suas analises são embasadas  quase que unicamente na analise gráfica, ou seja comportamento dos preços em determinados períodos que variam de 1, 5, 10, 15, 30 ou 60 minutos, para quem optou por trabalhar com day trade que é comprar e vender no mesmo dia  já para quem optou por prazos mais longos costuma olhar os períodos gráficos de 1, 7, 30 dias , 6 meses ou um ano, com o objetivo de achar  pontos de entrada e saída de cada operação, ou seja, o que importa é  o que acontece no momento.

E assim deve pensar o trader tomando decisões de curto prazo, sem preocupação com balanços, lucro da empresa, dividendos deve-se unicamente preocupar com a cotação do ativo.

Como deve pensar o investidor

O investidor tem que ver na bolsa de valores uma oportunidade de ser sócio de grandes empresas, ou seja empresas boas já consolidadas em seus setores, e através disso receber parte dos lucros de tal empresa através  de proventos e dividendos, já o investidor mais ousado pode apostar em empresas menores ou até em recuperação judicial buscando assim auferir lucros no futuro, porém a segunda opção envolve mais riscos, de qualquer forma quem optar por ser investidor, esse baseia seus investimentos na saúde financeira da empresa, para isso é necessário conhecer a analise fundamentalista, através dela o investidor descobrira se a empresa está saudável financeiramente, se é uma boa pagadora de dividendos, quanto do lucro da empresa é destinado para o lucro da empresa, qual a capacidade da empresa de pagar sozinha suas próprias dividas   entre outros pontos importantes para tomar a decisão.

Além disso, o investidor tem que ter controle emocional para suportar grandes oscilações e lembrar que o objetivo dele é ser sócio de grandes empresas e aproveitar grandes oscilações como oportunidades de aumentar sua participação em boa empresas por exemplo: se o investidor compra R$500,00 de ações ao mês e isso seja o suficiente para compra 40 ações, oscilações para baixo devem ser oportunidade de aumentar a participação em boas empresas ou seja com a queda os R$500,oo passam a se oportunidade de comprar ao invés de 40 ações, 45 ações.

Isso não quer dizer que o investidor deve comprar simplesmente por comprar e sim avaliando a cada compra se a empresa de que ele é sócio continua sendo uma boa empresa.

Para exemplificar melhor o Banco Itaú (ITSA4) recentemente bateu recorde de lucro na historia de um banco nacional, e mesmo assim suas ações caíram 5%, para o investidor foi uma excelente oportunidade de aumentar sua posição, já que a empresa vai bem, embora a cotação esteja defasada.

E vale lembrar que no longo prazo normalmente o mercado reconhece as boas empresas fazendo com que suas cotações atinjam uma boa lucrabilidade.

obs: a citação do Banco Itaú, foi apenas em carater explicativo, cabendo a cada investidor fazer suas próprias analises